Noiva

17 DICAS DE COMO ESCOLHER O LOCAL DO CASAMENTO

Por onde você deve começar quando se trata de decidir como escolher o local do casamento? Afinal, é um dos primeiros e mais importantes passos no processo de planejamento do desse dia tão significativo. 

Como o local do casamento define o pano de fundo para todo o evento e define a data do seu casamento, é importante finalizá-lo antes de passar para outros detalhes. Quanto mais cedo você puder começar a procurar os locais, mais chances terá de encontrar um que atenda às suas necessidades e também esteja disponível para as datas desejadas.

Começar cedo também lhe dá a oportunidade de ver vários locais de casamento, dando-lhe uma melhor noção do que exatamente você está procurando e o que é importante para você.

Na hora de escolher um local para o casamento, há várias coisas a serem consideradas, como tamanho do local, localização, disponibilidade de estacionamento, opções de banheiro e muito mais! 

Encontrar o local dos seus sonhos pode ser um processo complicado, por isso reunimos alguns detalhes do que você deve considerar para escolher o local certo para vocês e nesse dia tão especial. 

Não se esqueça de imprimir nossa lista de perguntas para fazer ao representante do local do casamento, quando iniciar a visitação. 

17 COISAS PARA OBSERVAR EM UM LOCAL DE CASAMENTO:

1. Orçamento / Custo:

Não há nada mais decepcionante do que encontrar o que parece ser o local dos seus sonhos, mas depois perceber que não cabe no orçamento do seu casamento. 

Para ajudá-lo a começar, criamos um guia prático sobre como definir o orçamento de casamento para você poder se organizar antes de iniciar sua busca pelo espaço.

Pense em quanto você está disposto a gastar em todo o seu casamento e quanto do valor deve ser direcionado especificamente para o local. 

Lembrando que alguns locais podem fornecer alguns serviços importantes para eventos já inclusos  em sua cotação, enquanto outros podem cobrar extra pelos mesmos serviços. 

As despesas podem aumentar rapidamente se você precisar alugar mesas, cadeiras, pista de dança, iluminação e outros elementos importantes do dia. 

Seu orçamento geralmente é o fator principal para definir o local de casamento certo para você. Às vezes, casamentos fora de temporada ou casamentos de domingo podem ser mais baratos.

2. Disponibilidade:

Se você está interessado em uma data específica para o seu casamento, tente começar a procurar locais quanto antes, para aumentar sua chance de espaços ainda estarem disponíveis. 

Se sua data for mais flexível, ainda assim, você deve começar com bastante antecedência, mas é provável que tenha mais opções, pois pode escolher sua data com base na disponibilidade do local, em vez de se limitar a uma determinada data.

3. Combina com o tema do seu casamento?

Como o local do casamento define o tom do casamento, você deve ter pelo menos um tema geral para o casamento em mente ao escolher um local. 

Por exemplo, se você optar por um tema rústico, provavelmente, não deseja realizar seu casamento em um hotel de luxo. Ou se você está querendo um evento luxuoso, um celeiro provavelmente não é uma boa aposta. 

Você deve considerar como todos os elementos do seu casamento vão se encaixar, desde o local até as decorações e as seleções do menu, para obter uma estética e uma sensação coesa. 

Para encontrar alguma inspiração do estilo de casamento certo para você, confira nossas ideias de como defini o tema do casamento.

4. Qual é a capacidade máxima?

Corresponde ao tamanho da sua lista de convidados? Ao escolher o local, você deve ter pelo menos uma ideia aproximada de quantas pessoas vai convidar para o seu casamento. Isso garantirá que você escolha um local com o tamanho apropriado para sua lista de convidados. 

Ter um local muito grande com uma lista de convidados menor pode fazer com que o local pareça um pouco vazio. Por outro lado, você também não quer empacotar 250 convidados em um local com capacidade máxima de exatamente 250 pessoas. 

Seus convidados podem acabar batendo os cotovelos nas mesas de jantar e na pista de dança. Ter uma estimativa de quantas pessoas provavelmente comparecerão à sua celebração também é fundamental para descobrir como as mesas serão organizadas e a melhor forma de configurar o espaço disponível. 

Se você precisar de alguma orientação sobre como criar sua lista de convidados de casamento, criamos um guia detalhado que o ajudará a navegar pelo processo de maneira simples e sem estresse. Clique aqui

5. Existem opções internas e externas?

Quando se trata de clima, é uma boa ideia esperar o melhor, mas se preparar para o pior! 

Como o clima pode ser imprevisível, se você planeja ter um local ao ar livre, vale a pena perguntar se há opções cobertas ou internas no caso de mau tempo. Se o local tiver opções internas e externas, você deverá ter um plano B fácil de executar.

Apenas se certifique de também gostar da opção interna, pois pode ser que você acabe precisando usá-la. 

Lembre-se de que algumas opções principalmente ao ar livre podem fornecer uma barraca grande com laterais que podem ser puxadas para baixo para impedir a entrada da chuva. Você só vai ter que perguntar. 

Se você está planejando um casamento no inverno ou no início da primavera, certifique-se de considerar acomodações “interna versus externa”.

6. E quanto à área vizinha e acomodações próximas?

Além de garantir que o local,  atenda às suas necessidades e desejos, pense também na localização geral do local.

Pense em quão perto pode estar de um aeroporto popular, acomodações próximas (ou se o próprio local tem acomodações) e se a área parece segura. 

Por exemplo, se você escolher uma praia isolada ou uma chácara, pode ser difícil para os hóspedes encontrarem acomodações nas proximidades. Se você vai se casar em uma cidade, digamos, em um museu, pense na segurança dos convidados do bairro ao redor que podem precisar atravessar para chegar ao local.

7. Como é a Privacidade?

Ao procurar o local do seu casamento, você quer ter certeza de encontrar um lugar que seja pessoal e privado o suficiente para você. Às vezes, um local sediará vários eventos ou casamentos no mesmo dia. 

Se este for o caso, pergunte quanto do lugar você terá para si ou quão separadas as diferentes partes estarão. Às vezes, os locais também permitem que você pague para reservar todo o local por um custo extra. 

Se você está inclinado para um local ao ar livre, pense também se é privado. Existe a possibilidade de estranhos bisbilhotarem ou assistirem de longe? Isso pode ser uma grande distração para todos os seus convidados.

8. Você teve uma boa impressão da visitar o local?

Enquanto você estiver visitando o local, tente sentir a vibração geral do local. Certifique-se de fazer muitas perguntas e ver se o local parece ser acolhedor. 

Considere se eles têm regras muito rígidas ou parecem cobrar por cada acréscimo adicional (como corte de bolo, configuração de cadeira etc.). Além disso, tente avaliar sua interação com o coordenador do local. 

Você deve estar segura e confortável para se comunicar com eles. Afinal, você ou seu cerimonialista estarão muito em contato com eles sobre os detalhes do seu casamento. Espera-se que tenha facilidade no contato.

9. Considere a acessibilidade:

Certifique-se de considerar as necessidades de todos os seus convidados ao visitar os locais. Verifique e pergunte como as instalações são acessíveis para possíveis PCD (Pessoa Com Deficiência) ou idosos, incluindo a acessibilidade de entradas/saídas, elevadores, banheiros, estacionamento e opções de assentos. 

Se algum avô estiver presente, você quer que seja o mais fácil possível para eles se divertirem. Pensar nesses elementos no início do processo de planejamento é uma ótima maneira de tornar seu casamento o mais inclusivo possível!

10. Tome nota das opções de estacionamento:

Especialmente se o local do seu casamento for um pouco isolado ou em uma área movimentada do centro, é importante verificar se há boas opções de estacionamento ou quão acessível é pegar um táxi ou carona. 

Pergunte sobre quantos lugares de estacionamento existem e se os hóspedes precisam pagar pelo estacionamento. 

Caso não haja boas opções de estacionamento, você pode considerar a contratação de um ônibus ou traslado para trazer as pessoas para o local. Apenas certifique-se de adicionar essa despesa no orçamento do seu casamento!

11. Por favor, diga-me que existem banheiros:

Embora não seja a parte mais glamourosa do processo, é importante considerar a situação do banheiro ao escolher o local. Se você vai fazer um casamento no celeiro ou na praia, por exemplo, pode ser necessário alugar banheiros portáteis. Se você não encontrar banheiros no local, pergunte quais são as opções aceitas.

12. Quais são as opções do fornecedor?

Alguns locais permitem que você use seus próprios fornecedores, enquanto outros querem que você use sua floricultura, buffet, bebidas alcoólicas, organizador de casamentos, banda etc. 

Se você preferir escolher seus próprios fornecedores, certifique-se de escolher um local que acomode isso.

13. Há toque de recolher ou restrições de ruído?

Alguns locais têm regras rígidas sobre quando você precisa silenciar ou o quão barulhento você pode ser. 

Certifique-se de perguntar se há alguma restrição de ruído. Locais ao ar livre, em particular, podem impor horas de silêncio após um certo tempo por respeito aos vizinhos.

14. Existe uma pista de dança?

Depois que o jantar estiver completo e os brindes terem sido feitos, é hora da verdadeira diversão começar na pista de dança! Verifique se já existe uma pista de dança ou se ela precisará ser construída ou criada, o que novamente pode somar na sua lista de despesas.

15. Quão fácil é montar e ornamentar?

Outro detalhe a considerar é como funciona o processo de ornamentação e desmontagem e quanto tempo você tem. 

Se houver um evento acontecendo antes ou depois do seu casamento, isso pode adicionar algum estresse indesejado ao seu planejamento. 

Você só tem uma tarde para arrumar as mesas, colocar a decoração e montar o palco? Tudo precisa ser removido até as 10h do dia seguinte ao seu evento? É uma boa ideia ter uma ideia do cronograma do seu casamento para que você possa ter certeza de que o local pode acomodar suas necessidades de tempo.

16. Leia várias resenhas:

para um posicionamento mais imparcial, certifique-se de pesquisar o que as pessoas estão dizendo sobre o seu local. 

Você pode encontrar informações sobre aspectos do local que você nem pensou em considerar e outros detalhes úteis. Anote os comentários positivos e negativos em sites de terceiros, como Reclame Aqui e avaliações do Google. Você também pode verificar as avaliações na página do Facebook do local. 

Preste atenção especial a quaisquer respostas públicas que o local possa ter deixado às avaliações dos hóspedes. Isso lhe dará uma visão de como eles podem lidar com um problema que poderia surgir em seu casamento. 

Se você ainda tiver algumas perguntas não respondidas, poderá solicitar ao local informações de contato de casais anteriores ou organizadores de casamentos que organizaram casamentos no local.

17. Outros pedidos personalizados:

Antes de olhar para os locais, pense se há outras coisas que são importantes ou que atrapalham o seu evento. Talvez você queira tocar gaita de foles ou papagaios falantes em exibição. Quem sabe?! Lembre-se, é o seu dia e você quer ter certeza de que todas as suas necessidades sejam atendidas!

PERGUNTAS FREQUENTES NA ESCOLHA DO LOCAL DO CASAMENTO:

Quando você deve reservar o local do seu casamento? Uma regra geral é tentar reservar o local entre um ano a nove meses antes do casamento. Se suas datas não são muito flexíveis, você pode querer começar a procurar com um pouco mais de um ano de antecedência. Pode levar alguns meses para encontrar o local certo para o casamento, portanto, reserve tempo suficiente para esse processo.

Quanto tempo dura uma visita ao local do casamento? As visitas ao local do casamento variam em duração, mas geralmente duram entre 30 minutos a 1 hora. A duração de uma exibição pode depender do tamanho do local, de quantos detalhes o coordenador do local entra e de quantas perguntas você faz.

Quem deve estar na visita do local do casamento? Além do óbvio (o casal de noivos), é melhor manter o local do casamento para um grupo tão pequeno quanto possível. Isso ajudará o casal a se concentrar no que quer, em vez de ter que pesar muitas opiniões diferentes. Uma exceção pode ser se alguém estiver ajudando a pagar a conta do local, caso em que pode ser bom incluí-los e dar-lhes uma opinião.

Via